quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

# batcaverna # filhos

Um dia bom

Chega um momento da vida (não sei se pra todos - espero que não) em que as responsabilidades, as contas pra pagar, o planejamento, a escola da criança, o mercado, a casa, o trabalho exaustivo e a rotina maluca atolam qualquer perspectiva de tranquilidade. E no meu caso, tranquilidade é quase sinônimo de felicidade. Chega um momento em que o cansaço é tanto que as mãos tremem. É nessa hora que você se obriga a dar um pause.

Primeiro pause na vida: dormir cedo. Nem foi tão difícil, dado o quadro de cansaço que eu contei ali em cima. Dormir pouco depois da meia noite é milagre na minha vida. Milagre realizado.

Acordar às 6 da manhã sempre foi um sacrifício pra mim. Dessa vez, não foi. Fazia tempo que eu não experimentava isso de dormir cedo e acordar cedo. Olha, recomendo.

Cria na escola (essa história merece um post) e eu tenho 4 horas para colocar tudo no lugar, lavar roupa, ajeitar a casa, pagar as contas que faltam e... não. Sentei no sofá e coloquei no meu canal favorito de toda a tv a cabo: Discovery Home & Health. Tudo rolando bem durante o pause.

De volta da escola, a cria capota na cama. Oba! Aproveito o tempo para utilizar minhas técnicas avançadas na cozinha e fazer um (são dois) dos meus pratos-favoritos-que-aprendi-a-fazer-sozinha: filé ao molho madeira.

Sento confortavelmente no meu puff, coloco estrategicamente no lugar perfeito (bem na cara da televisão) pego a mesa da Barbie (que já faz parte dos móveis da casa) e como a minha comida preferida do momento assistindo Friends. Cara, tem como melhorar? Tem.

Assim que termino, cai uma chuva daquelas de deixar a paisagem branca, de não ser possível enxergar o que acontece na rua. Depois de tantos dias e meses de calor, essa era uma oportunidade única, imperdível. Desliguei a TV e fui pra debaixo da coberta junto com o meu projeto de gente. Casa escura, chuva lá fora, só me resta dormir. E foi lindo. <3

Poderia ter sido apenas um dia normal, ou até meio monótono. Mas eu preferi aproveitar a felicidade nos pequenos momentos. Até porque um outro momento desse, sei lá quando terei de novo. A realidade já está chamando. A chuva parou, o trabalho vem aí novamente. Para terminar o Dia do Pause bem, eu resolvi que não ia fazer nada que me chateasse. E é por isso que não vou lavar a louça hoje.


Nenhum comentário:

Postar um comentário